Nunca tive medo de me mostrar. Você pode ficar escondido em casa, protegido pelas paredes. Mas você tá vivo, e essa vida é pra se mostrar. Esse é o meu espetáculo. Só quem se mostra se encontra. Por mais que se perca no caminho."
Cazuza
theme por nee-d; don't copy.


“O problema é que queremos que as pessoas entendam como estamos nos sentindo, mas a verdade é que nem nós mesmos sabemos. O problema é que existem pessoas que se importam, mas não acreditamos em nenhuma delas. É uma espécie de paradoxo. Fugimos na intenção de que alguém nos procure. Vamos embora na intenção de que nos peçam pra ficar. Não dizemos, mas queremos que percebam. É confuso, é complicado. O problema é sermos humanos, o problema é termos sentimentos.”
~ Querido John.  (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Eu não posso prever o futuro. Não tenho bola de cristal, e não sei ler mãos. Mas eu te garanto que, eu sempre vou estar aqui. Te amando, te cuidando, te querendo. Pra sempre.”
~ A Cabana.   (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“E as discussões se sucediam, sem pé nem cabeça. Mas ciúmes são cegos como o próprio amor. São sentimentos mesquinhos, minuciosos, não esquecem a insignificância dos mínimos segundos. As batidas do coração jamais deveriam se escravizar aos tiquetaques desencontrados de dois relógios diferentes. A verdade, porém, é que eram ambos loucos, um pelo outro, e seus corações acabavam por se entender, num ritmo comum de compreensão. E as hostilidades descansavam invariavelmente em beijinhos e mil perdões.”
~ Chico Buarque.  (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Eu sou daquelas pessoas inseguras que volta pra ver se fechou a torneira, se a porta está trancada, se o fogão está desligado. Eu sempre fui assim, sempre precisei reafirmar minhas certezas, então não me culpe se eu ficar perguntando se você ainda gosta de mim umas dez vezes ao dia. Aceite-me como sou, que eu te aceito como tu és.”
~ Caio Augusto Leite.  (via r-e-p-e-n-s-o-u)


1 month ago · 1,090 notes · reblog
originally resonares · via twititah
“Sou sentimental, sei disso. Sou dependente e bobo, sei disso também. Ah, me ajude.”
~ O Diário de Anne Frank.   (via antipoetico)

“Eu sou uma eterna apaixonada por palavras, música, e pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono. Gosto de quem mete a cara, arrisca o verso, desafia a vida. Eu sou criança. E vou crescer assim.”
~ Clarice Lispector.  (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Se me calo, fico emburrado ou me encontro distante, não pense que é por falta de amor ou desejo. Às vezes, me sinto meio sem rumo num mundo tão hostil, complicado e descolorido. O pior remédio é você fazer o mesmo. Ignore minha apatia. Só peço que chegues e instale a beleza que me falta, venha sorridente, regue as flores na sacada, ative minha respiração, massageie meus ombros, tire minha roupa ou me abrace, simplesmente. Vai passar.”
~ Gabito Nunes.   (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo… Isto é carência! Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar… Isto é saudade! Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos… Isto é equilíbrio! Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida… Isto é um princípio da natureza! Solidão não é um vazio de gente ao nosso lado… Isto é circunstância! Solidão é muito mais do que isto! Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.”
~ Chico Buarque.      (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Não quero te prender, mas é foda te soltar. É foda porque eu sei que qualquer coisa é melhor do que eu. E eu não sei se aguentaria ver você vivendo outra bagunça por aí.”
~ robin and stubb.  (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Amar não é só beijar e abraçar. É saber parar uma briga porque sabe que não vale a pena. É saber que nem sempre estará tudo bem. E acima de tudo saber que um te amo fortalece a relação, mesmo depois de brigar. Pelo simples fato de não desistirem mesmo passando por momentos difíceis.”
~ Charles Bukowski.   (via r-e-p-e-n-s-o-u)

“Eu gosto de fazer tudo do meu jeito. Todas as coisas que acontecem comigo eu reajo ao meu ponto de vista. Desde de pequena sempre quis ser livre, ou quase isso. Quando sentia dor, ria. Não para disfarçar ou ninguém me perguntar “O que aconteceu?” “Porque está assim?” Era só pra eu mesma me sentir melhor, porque sorrindo eu não irei pensar na dor, então passava. Apesar de agora, que cresci, a dor é multiplicada. Ninguém vai te perguntar nada, mesmo se não sorrir. Ninguém vai fazer nada, você cresceu, agora faça o que achar certo. O meu maior problema nisso é que eu não tenho controle, não tenho controle sobre nada. Me sinto uma falha, um desenho rabiscado, algo muito errado e bagunçado. Mas não fora do lugar, acho que é isso. Sou feita para dar errado, para bagunçar. Quem quiser, que tente me consertar… mas não garanto sucesso nisso.”
~ Tabacos (via parusias)